Glândula Pineal, Palestra com Dr. Sérgio Felipe de Oliveira

Palestra referida no post anterior, enviada ao micélio por Rafael Beraldo, a quem somos gratos pelo compartilhamento !

Dr. Sérgio Felipe de Oliveira é um psiquiatra brasileiro, mestre em Ciências pela USP e destacado pesquisador na área da Psicobiofísica. Pesquisador do Instituto de Ciências Biomédicas, em seu estudo sobre pineal chegou à seguinte conclusão: “A pineal é um sensor capaz de ‘ver’ o mundo espiritual e de coligá-lo com a estrutura biológica. É uma glândula, portanto, que ‘vive’ o dualismo espírito-matéria. O cérebro capta o magnetismo externo através da glândula pineal”.

Palestra realizada no Cineclube Socioambiental Crisantempo, em São Paulo no último dia 14/06

Parte 1

[youtube=http://youtu.be/QF5_kWJbA8w]

Parte 2

[youtube=http://youtu.be/SUVDUOtGi6Q]

>>


Posts Relacionados

Obtenha mais conteúdo como esse

Inscreva-se em nossa newsteller e receba os novos posts em seu email!

5 respostas
  1. Morena
    Morena says:

    É impressionante!
    Tenho muito respeito pela doutrina espírita e creio na filosofia, mas como disse o próprio Cristo: Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.
    Como algumas pessoas não tem o cuidado de checar as informações que “ouviram falar” sobre esse doutor?!?!
    Uma pessoa me falou de maneira muito entusiasta sobre a criação de uma “Universidade de Estudos do Espirito” fundada por esse Dr. Sergio que seria professor da FMUSP, onde realizada “pesquisas” que comprovavam muitas afirmações da filosofia espírita. Tal afirmação me causou bastante estranheza, uma vez que a ciência é positivista.
    A curiosidade pela incoerência da informação me levou a checar o CURRÍCULO LATTES desse senhor e nunca vi tantas informações inconsistentes. Conforme poderão checar no link abaixo:

    http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4455241U0&mostrarNroCitacoesISI=true&mostrarNroCitacoesScopus=true&mostrarNroCitacoesScielo=true

    Primeiramente NÃO EXISTE cursos de especialização de 80 horas, tal qual consta no Currículo Lattes desse senhor. O nome do orientador de mestrado que lá está, aparece com erro ortográfico, e o que mais causa surpresa e que ao checar o Currículo Lattes do orientador, o senhor Sergio não aparece como orientador do mesmo, mas sim como participante da banca da qualificação do mestrado. Fato esse inédito, pois JAMAIS vi algum orientador se tornar banca do orientado e omitir a própria orientação.
    Questionável tbm é a bolsa CNPQ que ele tbm alega ter recebido durante o mestrado de 1996 até 1998 tendo vínculo empregatício no Pineal Mind Instituto de Saúde. Lembrando que quem recebe bolsa não pode ter vínculo empregatício.
    Também com relação ao campo produções cientificas, é importante esclarecer que os jornais e revistas espíritas, não são reconhecidos no meio acadêmico, logo eles jamais poderiam estar ali, pois o campo é para “produções cientificas”.
    Acredito tbm ser importante lembra-los, que universidades válidas são aquelas reconhecidas pelo MEC que possuem estruturas legais para seu funcionamento. Tal estrutura vai desde a grade curricular, que comporta diferentes disciplinas e até o “corpo docente”, onde devem haver mais de um professor, com TITULAÇÃO MÍNIMA de mestrado. Tais titulações do corpo docente devem constar em link da própria instituição de ensino. Lembrando que não existe universidade onde há somente um professor.

    Responder
  2. André Afonso
    André Afonso says:

    Caros amigos,

    O Sérgio Felipe de Oliveira é médico, licenciado pela USP/Universidade de S. Paulo, director clínico do Pineal Mind/Instiituto de Saúde de S. Paulo, presidente da Associação Médico-Espírita de S. Paulo e professor responsável pelo curso de pós-graduação Lattu Sensu de Psiquiatria Transpessoal da Universidade de S. Paulo. As minudências apontadas por Morena não negam que Sérgio Felipe é médico e muito menos o seu meritório trabalho, para não entrar em mais detalhes.

    Os jornais e revistas espíritas OBVIAMENTE que estão num contexto diferente do das publicações científicas, pois o Espiritismo, no seu conjunto, é uma crença. A Ciência não se ocupa da existência de Deus, isso é campo da Filosofia, que é o que o Espiritismo é.

    Há, contudo, pesquisadores espíritas e não espíritas que se ocupam do estudo da mediunidade, da imortalidade da alma, da reencarnação e de outros temas que são princípios da Doutrina Espírita. Júlio Prieto Peres é um psicólogo clínico brasileiro, doutor em Neurociências, com papers publicados em revistas científicas. É espírita e os seus artigos científicos centram-se em resiliência, espiritualidade/reencarnação e respectivo impacto na Saúde. É dele o primeiro estudo Latino Americano que investigou cientificamente os efeitos neurobiológicos da psicoterapia através da neuroimagem funcional.

    Núbor Orlando Facure também é espírita e é Neurocirurgião e diretor do Instituto do Cérebro de Campinas.

    Devemos ser prudentes e críticos, sem dúvida. Mas lembro que as grandes verdades começam por ser grandes blasfémias. A comunidade científica tem rejeitado grandes descobertas, e mais tarde dá o braço a torcer.

    Saudações cordiais desde Portugal,

    André Afonso/ Blog de Espiritismo

    Responder
  3. marcelokrapf
    marcelokrapf says:

    Opa, primeiramente eu gostaria de parabenizar pelo site. Está nos meus favoritos a muito tempo. Só queria deixar minha opinião sobre esse assunto. Sou estudante de engenharia elétrica e física e acredito na doutrina espirita. Frequento uma casa espírita semanalmente. Acho que ciência e religião tem que serem estudadas juntamente mas, quando vi pela primeira vez o Sr. Sérgio Felipe falando, logo notei que ele falava bobagens em termos de física. Depois de pesquisar um tempo na internet sobre ele, realmente pude notar: Um grande mentiroso. Não quero desmerece-lo como pessoa, mas ele fala de coisas que nem mesmo tem idéia e com termos chulos.
    Grande abraço

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =